Divulgação
Divulgação

Desfalcados, Benfica e Bayern definem vaga para semifinal

Portugueses não contarão com Jonas, Luisão e Julio Cesar

EFE, O Estado de S. Paulo

13 de abril de 2016 | 07h00

Benfica e Bayern de Munique se reencontrarão nesta quarta-feira, para duelo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, em que o time alemão tem magra vantagem, após a vitória na ida por 1 a 0.

Na Allianz Arena, os donos da casa saíram na frente logo no minuto inicial, com o meia chileno Arturo Vidal. O prenúncio de goleada não se confirmou, e os visitantes até chegaram a assustar, ficando várias vezes perto de igualar o marcador.

A principal ameaça ao time comandado pelo espanhol Pep Guardiola na última terça-feira, o atacante brasileiro Jonas, no entanto, não entrará em campo no estádio da Luz, pois está suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

O confronto, aliás, é marcado pelos inúmeros desfalques que Bayern e Benfica têm, seja por suspensões ou até mesmo por problemas físicos, que obrigam técnicos a fazer improvisações, jogadores a atuarem no sacrifício.

Além do ex-Santos e Grêmio, que deverá ser substituído pelo mexicano Raúl Jiménez, Julio César e Luisão, contundidos, seguem fora. Com isso, Éderson, goleiro da seleção brasileira olímpica, que teve grande atuação na primeira partida, será titular outra vez, assim como o jovem zagueiro sueco Victor Lindelöf.

Para piorar, o meia-atacante argentino Nico Gaitán sentiu lesão na véspera do jogo decisivo e virou dúvida. Caso o camisa 10 fique fora, entrará na equipe o brasileiro Anderson Talisca, que fez quatro jogos e anotou um gol na Liga dos Campeões.

No time alemão, a principal expectativa é quanto a possibilidade do zagueiro Jérome Boateng e o meia-atacante Arjen Robben serem liberados pelo departamento médico, no mínimo, para ficarem no banco de reservas. De acordo com a imprensa local, o primeiro tem mais chances de ir para o jogo.

O zagueiro Mehdi Benatia e o meia-atacante Kingsley Coman, por outro lado, estão liberados para a partida, e também deverão ser opções de banco para Guardiola.

No time titular, com relação ao primeiro confronto em Munique, a novidade deverá ser a presença do espanhol Javi Martínez na zaga, o que faria o austríaco David Alaba voltará para a lateral-esquerdo. Assim, o espanhol Juan Bernat deixará a equipe.

Nesta quarta-feira, o Benfica tentará encerrar um longo jejum de presenças nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa. Desde a reformulação da competição, na temporada 1992/1993, o clube nunca ficou no 'top-4'.

A última vez que os portugueses estiveram nesta fase foi na temporada 1971/1972, ainda na Copa Europeia, quando passou pelo Feyenoord e caiu na sequência para o Ajax, de Johan Cruyff. O Bayern de Munique, por sua vez, tentará fazer a "quina" nas semifinais, com a quinta classificação consecutiva para esta fase.

FICHA TÉCNICA

BENFICA X BAYERN

BENFICA: Éderson; André Almeida, Lindelöf, Jardel e Eliseu; Samaris, Renato Sanches, Pizzi e Gaitán (ou Talisca); Jiménez e Mitroglou. Técnico: Rui Vitória.

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Lahm, Kimmich, Javi Martínez e Alaba; Vidal; Douglas Costa, Müller, Thiago e Ribéry; Lewandowski. Técnico: Josep Guardiola.

Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda), auxiliado pelos compatriotas Sander van Roekel e Erwin Zeinstra.

Local: Estádio da Luz, em Lisboa (Portugal).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.