Francisco Leong/AFP
Francisco Leong/AFP

Desfalques aumentam a força de grupo do Bayern, diz Müller

Robben, Ribéry, Schweinsteiger e Alaba estão fora contra o Porto

Karolos Grohmann, REUTERS

14 de abril de 2015 | 10h49

O Bayern de Munique pode ter sido devastado pelas lesões para o jogo da Liga dos Campeões contra o Porto na quarta-feira, mas o sentimento de união da equipe está mais forte, disse o meia-atacante Thomas Müller nesta terça-feira.

Os bávaros, que buscam três títulos nesta temporada, estão sem Arjen Robben, Franck Ribéry, Bastian Schweisteiger e David Alaba, entre outros, para a primeira partida das quartas de final em Portugal.

"Nos jogos (recentes) contra o Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen nós tivemos duas partidas em que jogamos com um elenco desfalcado e poucas opções", disse Müller a repórteres."Nestes jogos ficamos mais juntos como um grupo, uma unidade, e isto vai obviamente ajudar contra o Porto", acrescentou.

O Bayern, cinco vezes campeão da Liga dos Campeões, vai confiar intensamente nas finalizações de Müller e Robert Lewandowski na falta de Robben e Ribéry, à medida que procuram ser o primeiro time a vencer o Porto nesta temporada.

O Porto, bicampeão da Liga, ganhou quatro partidas e empatou duas na fase de grupos, antes de derrotar o Basel por 5 a 1 no placar agregado nas oitavas de final.

"Eles jogam um jogo aberto... têm meias fortes fisicamente, mas com grande qualidade. Este é o ponto forte deles. A qualidade individual", disse o técnico do Bayern, Pep Guardiola.Ele adicionou que não existe motivo para falar sobre as lesões do elenco, dizendo que iria simplesmente tentar seu melhor com os jogadores disponíveis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.