Daniel Dal Zennaro/EFE
Daniel Dal Zennaro/EFE

Desfalques de Son e Kane não tiram otimismo de Pochettino contra o Ajax

Tottenham recebe o time holandês nesta terça-feira, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

29 de abril de 2019 | 18h14

Os desfalques do atacante sul-coreano Heung-Min Son, suspenso, e do astro Harry Kane, machucado, não tiraram a alegria e o otimismo do técnico argentino Mauricio Pochettino para o primeiro duelo das semifinais da Liga dos Campeões da Europa, nesta terça-feira, no Tottenham HotSpur Stadium, em Londres, às 16 horas (de Brasília), diante do Ajax.

"Estou vivendo um sonho. Quando cheguei aqui há cinco anos, estar em uma semifinal (de Liga dos Campeões) com o Tottenham era um sonho. Quando você sonha, você deve sonhar com a lua. Você tem que ir ao infinito e além", afirmou o treinador, ao citar o lema de Buzz Lightyear, um astronauta de brinquedo personagem da série de filmes "Toy Story".

Apesar de não poder contar com dois de seus jogadores mais perigosos do elenco, Pochettino acredita na vitória. "Nós estamos pensando que podemos vencer o jogo. Chegamos até aqui graças ao nosso jogo coletivo. Estamos com poucas opções para escalar o time, mas temos muito otimismo", comentou.

Além de Son e Kane, Pochettino não poderá contar também com o meio-campista Harry Winks e com o lateral Erik Lamela. A escalação do meia Moussa Sissoko também é incerta. "Não estamos nas melhores condições para competir, mas é o que temos e vamos em busca do melhor resultado", afirmou o técnico.

Tottenham e Ajax se enfrentaram pela última vez em uma competição europeia em 1981, pela primeira fase da Liga dos Campeões, e a vitória ficou com os ingleses. O segundo jogo está marcado para Amsterdã, na Holanda, no dia 8 de maio.

Além da disputa pela Liga dos Campeões, o Tottenham é o terceiro colocado no Campeonato Inglês, com 70 pontos, e briga com Chelsea (68), Arsenal (66) e Manchester United (65) por duas vagas para disputar a principal competição europeia na próxima temporada. Manchester City e Liverpool, que luta pelo título nacional, já estão garantidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.