Desfalques levam Lusa ao ataque

A Portuguesa promete atacar o Mogi Mirim no domingo, no Canindé. Pelo menos, é o que o técnico Renê Simões espera de sua equipe, que busca a recuperação no Campeonato Paulista. Mas essa postura não é por opção tática. Sem contar com Souza e Marquinhos, suspensos, e com Élson e Sandro Fonseca, ambos contundidos, o treinador conta apenas com o volante Ricardo Lopes no elenco e deve improvisar um meia ofensivo na posição.Apesar de já ter uma alternativa pronta, Renê irá aguardar até o último momento para saber se poderá contar com Sandro Fonseca. O jogador foi poupado dos treinos durante a semana, por causa de dores musculares na coxa esquerda. Caso não tenha condições, o técnico terá de optar entre Claudinho e Edson Pelé. O atacante Cléber sofreu um torção no tornozelo esquerdo na quarta-feira e não participou dos treinos de hoje. Mas, segundo o médico Júlio César Lolla, ele não será problema para domingo.Novo lar - O lateral-esquerdo Cristian Omar Lupídio, contratado por empréstimo até o fim do ano, do Quilmes, clube da segunda divisão do futebol argentino, já realizou os exames médicos e será apresentado nesta sexta-feira, às 14 horas, no Canindé. Para o Campeonato Paulista, o grupo está fechado, mesmo porque as inscrições terminaram nesta quinta-feira. No entanto, a Lusa pode anunciar mais algum reforço para a Copa do Brasil. A estréia na competição será na próxima quarta-feira, em Santa Catarina, contra o Figueirense, às 20h30.O zagueiro Emerson, de contrato renovado e recuperado de uma contusão na planta do pé direito, volta aos treinamentos com bola na próxima semana. O volante Elson também retorna ao trabalho normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.