Desfalques não abalam o Botafogo

O técnico do Botafogo, Sebastião Lazaroni, tem vários problemas para escalar a equipe que enfrenta o Remo, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 20h30, em Belém. O zagueiro Bruno, o volante Reidner, além dos laterais Valmir e Augusto, estão contundidos e não vão atuar. Lazaroni ainda não escalou a equipe, mas o provável é que a zaga seja formada por Valmir, Dênis, Júnior e Leandro. Ele também pode inovar e promover a estréia do júnior Rodrigo Fernandes, na lateral-direita, porque Valmir está com dores na coxa esquerda. Outra opção do treinador, para resolver o problema da zaga, é o recuo de Váldson, que está atuando como volante. Se optar por esta mudança, Souza no meio-de-campo. Com a contusão de Reidner, Marcelinho Paulista volta ao time. Apesar dos desfalques, Lazaroni acredita que o Botafogo tem condições de conseguir a classificação para a oitava-de-final, sem a necessidade da realização do segundo confronto. Para o treinador, se o time jogar com garra, determinação e não descuidar da marcação pode conquistar a vitória, por mais de dois gols de diferença. O meia Alexandre Gaúcho frisou que as dificuldades devem servir de estímulo para os jogadores do Alvinegro. "Não podemos deixar que os problemas afetem nossa atuação dentro do campo. No meio desses problemas é que devemos mostrar que temos condições de vestir a camisa do Botafogo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.