Lucas Uebel/ Grêmio FBPA
Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Desgastado e de olho no Cuiabá, Grêmio pode poupar titulares diante do Fluminense

Time teve pouco tempo de descanso, após eliminar o Juventude da Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

08 de novembro de 2020 | 15h47

Após ganhar a batalha contra o Juventude na Serra Gaúcha, quinta-feira à noite, o Grêmio pouco descansou e já embarcou para o Rio. Mas a ideia de comissão técnica e diretoria é que a escalação diante do Fluminense, neste domingo, às 20h30, seja mista. O Grêmio vai seguir focando na busca da sexta taça na Copa do Brasil e apenas disputará o Brasileirão para ficar numa posição honrosa. Como já visita o Cuiabá na quarta-feira, alguns titulares nem devem jogar no Rio.

Maicon sofreu uma lesão muscular e é desfalque certo. Assim como Lucas Silva, suspenso. Darlan disputa a posição com Thaciano, autor do gol da classificação na Serra Gaúcha. Depois de sofrer com a criação diante do Juventude, nas oitavas de final da Copa do Brasil, ao apostar em time com quatro atacantes, Renato Gaúcho pode dar chance a Jean Pyerre desde do início.

O meia ficou um tempo fora por causa de uma contusão, mas retornou bem e mudou a cara da equipe diante do Juventude após entrar no decorrer do confronto. Pode ser escalado para ganhar ritmo de jogo e ser uma opção diante do Cuiabá. Jean Pyerre fez boas partidas pelo clube antes de se machucar, recebeu sondagens para ser negociado, Mas ficou e ganhou voto de confiança do treinador de que voltaria a ter chances. No Rio, pode ser a primeira pós-lesão desde o começo.

Desde a contusão de Alisson que o time gaúcho sofre com a criação das jogadas. Robinho até foi contratado do Cruzeiro para auxiliar no setor, mas não deslanchou. Jean Pyerre tenta se firmar e ser o armador tão procurado. Seria uma solução caseira.

Vale ressaltar que o Grêmio também está nas oitavas de final da Libertadores e ter "opções" bem fisicamente será de grande valia para o sonho gaúcho de fechar a temporada dando volta olímpica.

Encarar um rival em boa fase será uma boa oportunidade para Renato Gaúcho ver como estão seus atletas com menos jogos. O Fluminense, além de vir marcando bastante gols e ser um bom teste para a zaga gaúcha, também está ajustado bem defensivamente, o que exigirá muito dos atacantes.

O Grêmio vem fazendo rodízio nas laterais por causa das boas opções e deve utilizar Orejuela e Diogo Barbosa desta vez. Kannemann tem tudo para jogar pois defende a Argentina nas Eliminatórias e não enfrenta o Cuiabá. Por menos desgaste, o elenco gaúcho nem voltará para o Sul após o jogo de domingo. A ideia é descansar e evitar longos deslocamentos. Vai direto do Rio para o Mato Grosso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.