Desperdício toma conta do Palmeiras

Desperdício de dinheiro, omissão e descaso com jogadores, atletas recebendo salário em casa sem trabalhar, concentração de poder na mão de poucos empresários. Com base em documentos oficiais e depoimentos exclusivos, o JT traçou um perfil das divisões de base do Palmeiras, incluindo o Palmeiras-B, equipe profissional que hoje disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista. A apuração também revela que no ano passado o clube pagava salários a 35 jogadores emprestados, mas que recebiam no posto bancário do Parque Antártica.Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

21 de julho de 2003 | 09h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.