Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Destaque do Corinthians, Walter comemora empate: 'Batalhamos e levamos um ponto'

Substituto de Cássio fez boas defesas e garantiu a igualdade sem gols com o Cruzeiro no Mineirão

João Prata, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2019 | 21h36

O goleiro Walter foi o principal destaque do Corinthians no empate sem gols com o Cruzeiro neste sábado, no estádio do Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O substituto de Cássio fez ao menos três grandes defesas no segundo tempo e garantiu o zero no placar.

Quando não defendeu, também contou com a sorte. Dodô, em belo chute cruzado acertou a trave. Na sobra, Walter teve tempo de tirar o corpo e evitou o gol contra. "Sempre digo que é difícil entrar e suprir. Mas estou fazendo meu trabalho. O jogo estava aberto, nos pressionaram, mas batalhamos e levamos um ponto para casa", disse o goleiro após a partida.

Com saída anunciada do Corinthians no final da temporada, Walter ainda terá ao menos mais uma oportunidade de ser titular. Como Cássio está na seleção brasileira, ele será titular no clássico com o Santos, quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. O jogador evitou o clima de despedida.

"Cara, eu nem penso nisso. Penso em ajudar a equipe só. Mas eu penso em ajudar todo mundo, porque o que eu tenho hoje, tudo o que conquistei na carreira é graças ao Corinthians", comentou.

SEM VENCER

Walter confirmou no final de maio que não renovaria contrato com o clube alvinegro. Segundo ele, o assunto já havia sido definido com a diretoria em janeiro. O motivo, as poucas chances de atuar no gol do corintiano por causa do grande momento do titular Cássio.

Neste ano, ele já atuou em cinco partidas e, curiosamente, o Corinthians não venceu nenhuma delas. Além do resultado com o Cruzeiro, houve o empate com o Santos por 1 a 1 em amistoso em janeiro. Depois nova igualdade, desta vez com a Ferroviária por 1 a 1 pelo Paulistão. Na sequência duas derrotas pela Copa do Brasil. A primeira para o Ceará por 1 a 0, em partida que Walter entrou após expulsão de Cássio e depois o tropeço por 1 a 0 com a Chapecoense. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.