Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Destaque em 2015, Thiago Mendes começa novo ano em alta

Volante do São Paulo marca primeiro gol do time na temporada

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

21 Janeiro 2016 | 10h00

O volante Thiago Mendes, do São Paulo, começou 2016 tão bem quanto terminou no anterior. O jogador que terminou o Campeonato Brasileiro em alta pelas atuações e com moral com a diretoria provou que continua em grande fase ao se destacar na estreia na temporada. Com um chute de pé direito, garantiu a vitória do time sobre o Cerro Porteño, nesta quarta-feira, por 1 a 0.

O amistoso marcou a abertura do calendário para o time do Morumbi, que se prepara para disputar a Copa Libertadores. Ao contrário da edição 2015, Thiago Mendes vai para a competição como titular inquestionável e destaque do elenco. A grande fase levou inclusive a diretoria a desembolsar R$ 4 milhões em dezembro do ano passado para adquirir mais 40% dos direitos econômicos dele. O São Paulo agora detém 80%.

O clube vê muito potencial no jogador de 23 anos. Apesar de ser um marcador, tem se destacado pelo apoio ao ataque. No ano passado fez um gol fundamental na vitória de virada por 3 a 2 sobre o Figueirense, no Morumbi, pela penúltima rodada do Brasileiro, resultado vital para a conquista da vaga na Libertadores. Começou o ano também se destacando, com gol e boa atuação no Paraguai.

"Estou muito feliz com este momento com a camisa do São Paulo. Terminei bem o ano passado, mas infelizmente não conseguimos conquistar títulos. Espero que 2016 seja de troféus para o clube. Contra o Cerro Porteño fui feliz na finalização, mas acredito que isso seja fruto do trabalho que realizo todos os dias. Espero dar continuidade e crescer cada vez mais", disse o volante ao site oficial do clube.

O jogador veio do Goiás no começo de 2015 e tem 57 jogos e três gols pelo clube do Morumbi. Thiago Mendes demorou para se fixar como titular do São Paulo. O responsável pela oportunidade foi o técnico colombiano Juan Carlos Osorio, que depositou no volante bastante confiança e sempre o elogiou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.