Werther Santana / Estadão
Werther Santana / Estadão

Destaque nas Eliminatórias, Paulinho elogia entrosamento da seleção

Para o meio campista, seleção está no caminho certo

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2017 | 11h18

As duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo tiveram a classificação antecipada do Brasil, duas vitórias conquistadas e o volante Paulinho mais uma vez como destaque. O jogador do Guangzhou Evergrande, da China, fez três gols contra o Uruguai e deu duas assistências na vitória sobre o Paraguai na noite desta terça-feira. Já na madrugada de quarta ele comentou seu desempenho recente pela seleção e disse que o entrosamento tem sido decisivo.

Paulinho disse que o elenco tem se empenhado para conseguir sintonia dentro de campo. "Mesmo com pouco tempo de convivência, a gente procura se adaptar o mais rápido possível ao companheiro. Por isso as jogadas e os gols têm saído", afirmou o jogador depois dos 3 a 0 sobre o Paraguai, no Itaquerão. A partida, aliada à vitória do Peru por 2 a 1 sobre o Uruguai, em Lima, deu ao Brasil a vaga na Copa com quatro rodadas de antecedência.

A reação brasileira na competição, com a série de oito vitórias, contou com a chegada do técnico Tite e o retorno de Paulinho. O atleta esteve presente na primeira lista do treinador, em agosto do ano passado, e encerrou um hiato que durava mais de dois anos sem ser lembrado. Até então, a última aparição pela equipe havia sido na Copa do Mundo de 2014.

"Temos feito um bom trabalho. Estamos no caminho certo. Trocamos passes, fazemos jogadas bonitas e estamos entrosados", disse Paulinho. Nesta terça, ele deu duas assistências na vitória sobre o Paraguai: uma para o gol de Philippe Coutinho, que abriu o placar, e outra para Marcelo, autor do último gol na partida.

O volante tem quatro gols marcados pelas Eliminatórias, um deles contra a Argentina, no Mineirão, em novembro do ano passado, e três na semana passada, nos 4 a 1 sobre o Uruguai, no estádio Centenário, em Montevidéu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.