Destaque nas últimas partidas, Gerson quer virar um ídolo no Fluminense

No dia seguinte de mais uma grande atuação pelo Fluminense - fez um gol na vitória por 3 a 0 sobre a Cabofriense -, o meia Gerson, de 17 anos, deu a sua primeira entrevista coletiva na sede do clube, nas Laranjeiras. Descontraído e bem humorado, falou sobre a possibilidade de se transferir para a Europa. O atleta já estaria despertando o interesse de vários clubes de ponta da Espanha, Itália e Alemanha.

Estadão Conteúdo

27 Março 2015 | 19h25

Ele admitiu que todo jogador em início de carreira no Brasil lida com a perspectiva de vir a atuar na Europa. Mas ressaltou que o mais importante, no momento, é lutar pela conquista de títulos no Fluminense. "É um sonho de todo jogador ir para a Europa, mas estou concentrado agora no Fluminense. O que vier depois, eu prefiro deixar isso com o meu pai e meu empresário. Meu primeiro sonho era chegar no profissional para fazer história. Quero virar ídolo do clube", declarou Gerson, que falou com os repórteres observado pelo amigo Kenedy, outra revelação do clube.

O meia está confirmado no time para o jogo deste domingo contra o Barra Mansa, em Macaé (RJ), pela 13.ª rodada do Campeonato Carioca.

Mais conteúdo sobre:
futebol Fluminense Gerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.