Celio Messias/Estadão
Celio Messias/Estadão

Após 'Come-Fogo', Eto'o admite desejo de jogar no Brasil

'Me interesso, mas preciso de uma proposta antes', disse o atacante

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2015 | 14h37

Após disputar o clássico Come-Fogo na última terça-feira, que terminou empatado em 3 a 3, o ex-atacante de Chelsea e Barcelona Samuel Eto'o afirmou que quer jogar no futebol brasileiro antes de se aposentar. O craque foi explícito ao falar que para um acerto acontecer precisa receber uma oferta de algum clube do País, o que ainda não aconteceu.

"Fiz algo inédito na minha carreira. Nunca havia jogado por dois rivais. É uma sensação diferente. Jogar no Brasil deve ser maravilhoso. Só de ver essa rivalidade foi fantástico. Ainda acho que Real e Barcelona está um nível acima, mas quero sentir isso aqui novamente. Me interesso em jogar no Brasil, mas preciso receber uma proposta para isso", afirmou o atacante.

Ídolo de Camarões, Eto'o, de 34 anos, começou a carreira no Real Madrid B, rodou pelo futebol espanhol até se destacar no Barcelona. Passou ainda na Inter de Milão, Chelsea, Everton, Sampdoria, antes de atuar no Antalyspor, seu atual clube.

O camaronês se entusiasmou em jogar no futebol brasileiro e uma Libertadores pode seduzi-lo ainda mais. Ele foi o grande destaque do clássico entre Botafogo e Comercial, em Ribeirão Preto, na última terça-feira. O atacante atuou pelos dois times e marcou três gols, um pelo comercial e dois pelo Botafogo. "Meu trabalho é fazer gols e foi a primeira vez na minha vida que marquei por duas equipes. Isso é para poucos", celebrou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSamuel EtooBotafogoComercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.