Deu tudo certo para o Santo André

O semblante cabisbaixo dos jogadores do Santos, que deixaram o São Paulo abrir 10 pontos na liderança, contrastava ao final do jogo com o do Santo André. O mais satisfeito era o técnico Sérgio Soares, que enfim venceu a primeira partida em sua volta ao comando do time. Segundo ele, o plano armado estrategicamente para derrubar o Santos deu certo. "Orientei os jogadores para que se aproveitassem da necessidade de vitória do Santos, que não podia se distanciar da liderança. Deu certo e agora é voltar ao trabalho", explicou.O técnico ainda minimizou o fato de poder ter sido o responsável pelo virtual título do São Paulo. "Não pensamos nisso, pensamos sempre em vencer". E finalizou destacando a raça de seus comandados, que em nenhum momento desistiram do jogo."Eles enfrenta ram um forte Santos e jamais se abateram. Isso mostra um elenco maduro", concluiu.Muito satisfeito por ter sido um dos responsáveis pela vitória, o atacante Rodrigão repetiu o gesto do último gol que marcou e homenageou sua namorada Hortência, ex-rainha do basquete, como uma simulação de um lance livre, como no basquete, na comemoraçã o do segundo gol do time. "Quando a gente está bem fora de campo, tudo parece dar centro dentro de campo", comentou.A vitória também reabilitou o Ramalhão dentro de casa, onde tinha perdido três vezes seguidas para União São João, São Caetano e Corinthians. O objetivo, agora, será bem mais difícil: segurar o são Paulo, sábado, no Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.