Mladen Antonov/AFP
Mladen Antonov/AFP

'Devastados' por eliminação, jogadores da Inglaterra elogiam torcida e campanha

Ashley Young, Kyle Walker e Harry Kane agradecem apoio dos fãs durante a Copa do Mundo da Rússia

Estadão Conteúdo

12 Julho 2018 | 11h02

A eliminação nas semifinais da Copa do Mundo deixou os jogadores da seleção inglesa em clima de luto. Após saírem na frente da Croácia na última quarta-feira, em Moscou, levaram o empate no tempo normal e caíram por 2 a 1 na prorrogação, vendo o sonho do bicampeonato mundial ruir mais uma vez.

+ Jornais ingleses exaltam seleção após queda diante da Croácia: 'Orgulho'

+ Imprensa croata pede que Modric seja eleito o melhor da Copa e ironiza Inglaterra

+ Southgate diz que campanha na Copa leva Inglaterra a outro patamar

No dia seguinte à queda, a dor ainda tomava conta do elenco, que utilizou as redes sociais para desabafar. "Absolutamente devastado", escreveu o meio-campista Ashley Young, que atuou como ala nessa Copa. "Ainda de coração partido e nunca me senti tão devastado", comentou o lateral-direito Kyle Walker.

A dura derrota, porém, não impediu que os atletas reconhecessem a grande campanha que fizeram na Rússia e agradecessem o apoio da torcida, como deixaram claro os mesmos Young e Walker. "Agradeço à torcida aqui na Rússia e a todos que ficaram em casa pelo apoio. Desculpa por não irmos à linha final", escreveu Young. "Tiramos lições positivas para o futuro. Foi uma grande jornada e podemos nos orgulhar. Obrigado à torcida pelo apoio", apontou Walker.

Questionada antes do Mundial, a Inglaterra passou por um grupo com Panamá, Tunísia e Bélgica, que reencontrará agora no sábado, pela decisão do terceiro lugar. No mata-mata, eliminou Colômbia e Suécia antes de cair para a Croácia. Deve, ainda, terminar com o artilheiro da competição, já que Harry Kane está na ponta com seis gols marcados.

"Muitas emoções hoje. Primeiramente, estou muito orgulhoso deste time e da comissão por dar tudo que podia. Superamos desafios que assombraram a Inglaterra no passado, nos reconectamos com nossa incrível torcida e aproveitamos esta experiência. Não foi como queríamos e é doloroso agora, mas vamos aprender com a derrota de ontem", escreveu Kane.

 

Entre os mais exaltados pela campanha inglesa, todos os jogadores reconheceram o trabalho do técnico Gareth Southgate, até mesmo aqueles que não foram titulares. "Você trouxe confiança e amor ao futebol novamente. Obrigado, chefe. De toda a nação", escreveu o atacante Marcus Rashford em foto publicada em que aparece abraçando o treinador.

Até o ex-jogador Bobby Charlton, campeão mundial em 1966 com a Inglaterra, se rendeu ao trabalho de Southgate. "Como ex-jogador da seleção inglesa, quero dizer o quão orgulhoso estou do que Southgate e seu time alcançaram na Copa. Tenho certeza que os jogadores vão se sentir desapontados por não chegarem à final, mas há muito para ser esperançoso no futuro."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.