Dez mil assistem a treino da Seleção

Um público de aproximadamente 10 mil pessoas acompanhou na tarde desta segunda-feira o primeiro treino da Seleção no estádio Rei Pelé, em Maceió, local da partida de quarta-feira contra a Colômbia, pela 10ª rodadada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. Ainda sentindo os efeitos da partida contra a Venezuela, no sábado à noite, quando deixou o campo debilitada pelas altas temperaturas registradas na cidade de Maracaibo, a Seleção fez um treino em ritmo lento. Os jogadores foram orientados a não forçar demais a musculatura, nem promover desgastes desnecessários.No coletivo entre titulares e reservas - que durou 44 minutos e terminou com empate por 0 a 0 -o técnico Carlos Alberto Parreira manteve o suspense sobre a escalação do time - que terá dois desfalques certos: o meia Kaká, que cumpre suspensão automática, e Juninho Permambucano, cortado por contusão.Para a vaga de Juninho, Parreira escalou Magrão como titular. O palmeirense treinou todo o tempo entre os titulares e é nome quase certo para começar a partida. Já na segunda vaga, o problema ainda persiste.Parreira começou o treino com Alex, mas na segunda parte da movimentação substituiu o meia do Fenerbahçe (Turquia) pelo atacante Adriano. O técnico garante que ainda não se decidiu e adiou a definição para os treinos desta terça-feira. O time que iniciou o treino de hoje como titular teve Dida; Cafu, Roque Júnior, Juan e Roberto Carlos; Renato, Magrão, Zé Roberto e Alex; Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. A Seleção Brasileira lidera as eliminatórias com 19 pontos ganhos, um a mais que a Argentina, que aparece em segundo lugar. A Colômbia faz uma campanha muito ruim e é a penúltima colocada com apenas 9 pontos ganhos até aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.