Di Stéfano deve ser operado nesta 4ª

O ex-jogador e presidente de honra do Real Madrid, Alfredo Di Stéfano deverá ser operado nesta quarta-feira em Valência, segundo informa o boletim médico divulgado hoje, no início da tarde, horário local. Os médicos, no entanto, fazem uma ressalva. Dizem que a intervenção cirúrgica só será realizada se o atual quadro clínico do ex-jogador for mantido. "Nas últimas 24 horas, mas dentro da gravidade do quadro clínico do paciente, foi observada uma melhoria no sistema circulatório. Se esse quadro se mantiver, a cirurgia deverá ser realizada no dia 28 de dezembro", informa a nota.Considerado um dos maiores jogadores de futebol em todos os tempos, Alfredo Di Stéfano deveria ser submetido a uma cirurgia para a colocação de uma ponte de safena ainda no domingo, mas o cateterismo realizado no sábado detectou lesões coronárias que exigiam uma correção cirúrgica. A correção foi marcada para a segunda-feira, mas o estado geral do ex-jogador se complicou. Com isso, a intervenção teve de ser adiada. Di Stéfano se encontrava na casa de sua filha, em Valencia, na sexta à noite e, após sentir-se mal, foi levado às pressas ao hospital, onde foi diagnosticado o infarto agudo do miocárdio. No domingo, os médicos chegaram a considerar o estado geral do ex-jogador como "gravíssimo" e "próximo do limite". Na segunda-feira, ele apresentou melhora e hoje a situação é considerada estável.

Agencia Estado,

27 de dezembro de 2005 | 10h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.