Di Stefano é submetido a cirurgia

O ex-jogador e presidente do honra do Real Madrid, Alfredo Di Stéfano foi submetido nesta quarta-feira no Hospital La Fe, em Valencia, a uma cirurgia para a colocação de uma ponte de safena. ?O processo operatório transcorreu dentro da normalidade e seu coração apresentou comportamento dentro dos parâmetros previstos?, informa o boletim médico prévio emitido pela direção da hospital.Stéfano, de 79 anos, foi internado no dia 24 de dezembro após sofrer um infarto agudo do miocárdio, quando estava na casa da filha, em Valência.A operação durou cinco horas e as primeiras informaçõs indicam que o quadro clínico é estável e não apresenta complicações graves. Durante a manhã, estiveram no hospital os ex-jogadores do Valência Claramunt e Abelardo González, assim como Gerardo GonzálezMovilla, presidente da Associação de Jogadores Espanhóis (AFE). A chegada do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, ao LaFe deve ocorrer ainda hoje.Considerado um dos maiores jogadores da história do futebol em todos os tempos, Di Stéfano se encontrava na região de Valência para passar oNatal com a família quando, na madrugada de sábado, sofreu uminfarto agudo que lhe provocou um edema pulmonar e fez com quefosse internado em caráter de urgência no hospital da cidade de Sagunto. Na mesma tarde foi trasferido para o centro médico La Fe, onde foisubmetido a vários exames que constataram a necessidade de umacirurgia. Na ocasião, foi introduzido um cateter na virilha doex-jogador, que ajudava seu coração a bombear melhor o sangue. Depois que Di Stéfano superou a situação "limite" vivida namadrugada de segunda-feira, o hospital divulgou um boletim médicono qual informava sobre a "melhoria circulatória" do paciente, e que seria operado para colocação de ponte de safena.

Agencia Estado,

28 de dezembro de 2005 | 12h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.