Dia de contrastes no Flamengo

O meia Juninho Paulista, do Flamengo, ficou muito feliz com a sua convocação para a disputa da Copa do Mundo. "Foi um alívio. Em 1998 tive uma decepção muito grande", afirmou o jogador, lembrando da contusão que o tirou do Mundial da França. "A gente só se sente garantido quando vê que o nome está na lista."Juninho disse que conseguiu realizar um dos objetivos na sua carreira. Ele sabe que não será titular, mas irá brigar para conquistar o técnico Luiz Felipe Scolari. O jogador admitiu que terá de disputar a posição no meio-de-campo com Ronaldinho Gaúcho e Kaká.Alegria de um lado e tristeza do outro. O goleiro Júlio César e o zagueiro Juan estavam visivelmente abatidos com a não convocação para a seleção brasileira que irá disputar a Copa. Os dois jogadores consideram a má fase do Flamengo como um fator que os atrapalhou, já que o time foi eliminado das competições e eles ficaram apenas com o desacreditado Campeonato Estadual para mostrar serviço ao treinador do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.