Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Diante do Ceará, Ralf quer tirar Corinthians de 'fase incômoda'

Volante afirma que partida em Fortaleza é uma chance para se aproximar das primeiras colocações

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2018 | 19h21

O volante Ralf avalia a partida desta quarta-feira, diante do Ceará, em Fortaleza, como uma grande chance para o Corinthians encerrar a sequência de altos e baixos no torneio. Nas últimas seis partidas, o time venceu apenas uma (diante do Paraná, lanterna do torneio). No restante da sequência, foram três derrotas e dois empates.

“Queremos sair dessa fase incômoda. A gente sabe da força que tem nosso elenco e as vitórias não estão aparecendo. Estamos fazendo grandes jogos, mas tomando gols que impossibilitam de subir na tabela. Agora temos esse jogo contra o Ceará para conseguir a vitória”, afirmou o volante em entrevista coletiva em Fortaleza.

O defensor de 34 anos prevê dificuldades na casa do adversário em função da força da torcida e da boa sequência de resultados. Na última partida, o Ceará conseguiu uma vitória surpreendente diante do Flamengo, no Maracanã. “A gente sabe que eles são muito fortes aqui. Sabemos da importância que tem esse jogo para eles quanto para nós. Acredito que amanhã vai estar casa cheia até pelo fato deles virem de um resultado positivo contra o Flamengo”, afirmou Ralf.

O Corinthians realizou o último treino antes da partida no estádio Alcides Martins, arena do Fortaleza, na tarde desta terça-feira. A atividade foi fechada à imprensa, e o técnico Osmar Loss não divulgou o time que vai levar a campo.

Poupados no empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG, o zagueiro Henrique, o meia Jadson e o volante Douglas treinaram normalmente e devem voltar ao time. O lateral Mantuan, o zagueiro Léo Santos e o goleiro Walter deverão ser mantidos na equipe nos lugares de Fagner, Pedro Henrique e Cassio, todos contundidos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.