Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Diante do Grêmio, Santos tenta ampliar série invicta e entrar na luta pelo G-4

Equipe do técnico Cuca pode chegar ao 12° jogo sem derrota neste domingo, na Vila Belmiro

Fabio Hecico, especial para O Estado

11 de outubro de 2020 | 05h00

Dono da maior série invicta entre as equipes da elite após a derrota do Palmeiras para o Botafogo, o Santos pode chegar ao 12° jogo sem derrota neste domingo, diante do Grêmio, às 16 horas, na Vila Belmiro. Ganhar dos gaúchos significa entrar de vez na luta pelo G-4 do Brasileirão.

Apesar de não perder há 11 partidas, o Santos empatou muito no Nacional e os pontos desses tropeços estão fazendo falta. Assim, a missão de Cuca é fazer o time engatar série de triunfos. O técnico já falou que tem metas grandes na temporada. Ele sonha com títulos, e para isso a equipe precisa ganhar mais.

Nos últimos cinco jogos da competição, por exemplo, o Santos ganhou somente do lanterna Goiás. Resultado apertado de 3 a 2 e com um gol dos goianos anulado nos acréscimos por impedimento mínimo.

Estrela do time, Marinho não participou dos treinos de quinta e sexta-feira com o grupo, mas está nos planos do técnico Cuca para a difícil partida deste domingo. Assim como Lucas Veríssimo, resgatando a formação titular da zaga com Luan Peres.

Será um jogo com gostinho de vingança para o Santos. Na edição passada, o Grêmio acabou com a invencibilidade de mais de um ano na Vila Belmiro com vitória por 3 a 0. Naquele fatídico jogo, Marinho não era a estrela do time, mas jogou e levou humilhante caneta de Everton Cebolinha. Em momento totalmente diferente, o astro pode dar o troco caso seja confirmado. Uma resposta de Marinho com gols e a vitória é o que o santista mais sonha.

Raniel ainda se recupera da trombose, Alison está machucado e Soteldo com a seleção venezuelana. Carlos Sanchez só volta em 2021 após cirurgia no joelho. Sem nomes de peso, Cuca aposta em Jobson, Jean Mota, Arthur Gomes e Kaio Jorge diante dos gaúchos.

Mas, o treinador terá reforços em breve. O clube acertou a dívida com o Hamburgo, da Alemanha, e foi liberado pela Fifa para voltar a contratar. O zagueiro Laércio já foi confirmado. A diretoria promete mais nomes. Enquanto eles não chegam, Cuca aposta nos meninos da base.

Depois de desencantar diante do Coritiba e dar um salto na classificação, o time gaúcho espera somar um novo bom resultado para começar a "fazer sombra" no bloco de cima da tabela. Triunfo na Vila Belmiro significará figurar entre os 10 primeiros.

Depois de "quase" retomar ao time titular duas vezes, desta vez Maicon não é mais dúvida. Recuperado de lesão muscular, assume a vaga do suspenso Matheus Henrique. Assim como Alisson, que foi poupado frente o Coritiba por causa do desgaste físico, retorna.

As maiores dúvidas de Renato Gaúcho passam pelas laterais. Na direita, Orejuela deu lugar a Victor Ferraz no meio de semana. Pode retornar em Santos. Já na esquerda, Diogo Barbosa substituiu o titular Bruno Cortez muito bem, com direito a assistência, e pode ganhar nova chance.

O Grêmio tem um jogo a menos na competição e tenta engatar série de vitórias para tentar encostar no G4, ainda um sonho distante.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X GRÊMIO

SANTOS - João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Jean Mota; Arthur Gomes, Marinho e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

GRÊMIO - Vanderlei, Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Maicon, Alisson (Luiz Fernando) e Robinho; Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho.

ÁRBITRO - Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Vila Belmiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.