Rubens Chiri/SPFC
Rubens Chiri/SPFC

Diante do Sport, São Paulo busca aliviar pressão sobre Fernando Diniz

Técnico tem sofrido pressão desde eliminação no Campeonato Paulista; time titular deve ter quatro mudanças

Guilherme Amaro, O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2020 | 05h00

O São Paulo vive momento turbulento e o técnico Fernando Diniz terá mais uma chance de confirmar que merece o respaldo da diretoria. Após ser bancado no cargo, pelo diretor executivo de futebol Raí, mesmo com o péssimo desempenho no empate com o Bahia, no Morumbi, o treinador comanda o time hoje, às 19 horas, contra o Sport, em busca da primeira vitória fora de casa no Brasileirão.

Um triunfo aliviaria a pressão sobre Diniz, elenco e diretoria.“Nós vamos dar todas as condições para o Diniz, a confiança nele é total. Foi ele que fez o time que estava produzindo antes da paralisação, e é ele quem tem todas as condições de voltar para aquele nível de atuação para que tenhamos mais chance de ter as vitórias necessárias para sair dessa situação. Voltar a uma crescente, voltar a ter confiança e esquecer os traumas recentes”, afirmou Raí.

Antes mesmo do decepcionante empate com o Bahia na última quinta-feira, membros de torcidas organizadas do São Paulo protestaram em frente ao portão principal do Morumbi para pedir a saída do treinador e de dirigentes, além de terem feito críticas aos jogadores.

Em três partidas pelo Brasileirão, o São Paulo superou o Fortaleza por 1 a 0 no Morumbi, com atuação apática, perdeu para o Vasco em São Januário por 2 a 1 e empatou com o Bahia por 1 a 1. A pressão, porém, já vinha desde antes do início do Campeonato Brasileiro, tendo se intensificado após a eliminação para o Mirassol nas quartas de final do Paulistão.

Diniz acredita na evolução do time durante o Brasileirão. Na visão do treinador, o São Paulo teve boa atuação diante do Vasco e caiu de rendimento contra o Bahia. “O time tem oscilado, mas tem condições de produzir”, analisou o técnico.

Para este jogo, Diniz deve fazer quatro mudanças. Arboleda e Bruno Alves perderam o lugar para Diego Costa e o improvisado lateral Léo. Gabriel Sara entra no meio de campo na vaga de Liziero e Luciano será titular pela primeira vez, com Igor Gomes indo para o banco.

Pelo lado do Sport, o técnico Daniel Paulista não terá o volante e capitão Willian Farias, que recebeu o terceiro cartão amarelo, mas conta com o retorno do atacante Lucas Venuto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.