Divulgação/Redes Sociais
Divulgação/Redes Sociais

Dias após deixar a prisão, Bruno veste camisa do Boa Esporte e encaminha acerto

Segundo advogado do atleta, Lúcio Adolfo, goleiro e clube já chegaram a um acordo

O Estado de S.Paulo

10 de março de 2017 | 17h50

Poucos dias depois de deixar a prisão, Bruno parece já ter conseguido clube. Nesta sexta-feira, o goleiro posou com a camisa do Boa Esporte, que disputará a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

O acordo ainda não foi confirmado de maneira oficial pelo clube mineiro, mas foi revelado pelo advogado do atleta, Lúcio Adolfo. A tendência é que o jogador tenha um contrato de dois anos.

Bruno não joga profissionalmente desde 5 de junho de 2010, quando, pelo Flamengo, enfrentou o Goiás. Em 9 de julho do mesmo ano, o arqueiro foi preso, acusado de participação no desaparecimento e morte da ex-amante Eliza Samúdio.

Condenado a 22 anos em regime fechado, ele foi solto depois de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em documento assinado pelo ministro Marco Aurélio Mello. No fim de fevereiro, o ministro concedeu habeas corpus para que Bruno responda em liberdade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.