Dida: CBF espera notificação da Fifa

O goleiro Dida vai permanecer na seleção brasileira, até que a CBF seja notificada oficialmente pela Fifa, da suspensão de um ano imposta hoje ao goleiro pela comissão disciplinar da Federação Italiana de futebol. ?A CBF não recebeu nenhum comunicado oficial e por causa disso, o jogador continua trabalhando normalmente?, disse o secretário-geral da entidade, Marco Aurélio Teixeira hoje pela manhã, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a seleção brasileira treina para a partida do dia 1º de julho contra o Uruguai, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. Dida e mais seis jogadores brasileiros, entre eles, Fábio Junior (Palmeiras) - foram suspensos hoje por um ano por uso de passaporte falsificado. A suspensão inicialmente vale para a Itália, mas será imediatamente estendida à Europa e a qualquer país filiado à Fifa, assim que a entidade máxima do futebol acolher a decisão da federação italiana. O goleiro ainda não comentou a punição.

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 12h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.