Dida e Rogério "duelam" no clássico

O torcedor de Presidente Prudente, palco de Corinthians e São Paulo, neste domingo, às 16 horas, deverá assistir a um clássico empolgante, que vale muito mais que três pontos. A equipe do Morumbi, que perdeu os últimos três jogos, luta para afastar a crise e a do Parque São Jorge tenta garantir, antecipadamente, a classificação para a semifinal do Rio-São Paulo e para o Supercampeonato Paulista. O clima para o clássico não poderia estar mais "apimentado", como definiu o goleiro do São Paulo, Rogério Ceni. As declarações do atacante corintiano Gil, de que a defesa adversária é lenta, irritaram bastante os são-paulinos, que já avisaram: a marcação sobre ele será bem mais pesada que o normal. "Pior para ele", disse o lateral-direito Belletti, afastado do time pelo técnico Nelsinho Baptista. Apesar da péssima fase, os zagueiros Emerson e Wilson serão mantidos no time. O duelo dos goleiros da seleção, Dida e o "artilheiro" Rogério, é atração à parte para o torcedor. O corintiano não quer nem pensar em sofrer gol do "inimigo". "Eu me preparei bastante para as cobranças de falta do Rogério."

Agencia Estado,

30 Março 2002 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.