Dida está bem e diz que joga domingo

O goleiro Dida - atingido por um sinalizador na partida do Milan contra a Internazionale pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa - disse nesta quarta-feira que está bem e garantiu que está pronto para jogar domingo, contra o Siena, pelo campeonato italiano. O jogador deixou o gramado do estádio San Siro reclamando de dores no ombro e temia que o problema fosse mais grave. ( Veja galeria de imagens)?A dor era muito forte, mas ainda bem que tudo passou. Só sobrou um hematoma e uma leve queimadura. Com certeza no domingo eu vou jogar?, disse o brasileiro. Dida garantiu que não chegou a sentir medo, mas lamentou o episódio, ?cujas imagens foram transmitidas para todo o mundo?, disse.Os problemas começaram aos 25 minutos do segundo tempo. Revoltados pela anulação de gol de Cambiasso, grupos de torcedores lançaram vários sinalizadores no gramado e um deles atingiu o ombro direito do goleiro.O árbitro alemão Markus Merk suspendeu o jogo por quase meia hora, para que fossem retirados os petardos e permitir que o brasileiro se recuperasse. Assim que resolveu recolocar a bola em jogo, mais rojões caíram no campo. Por considerar que não havia condições para prosseguir, o juiz decidiu encerrar o confronto 30 segundos depois. O Milan vencia a partida por 1 a 0 e deve ser declarado pela Uefa, como o classificado para as semifinais. A entidade deve aplicar multa pesada e punições para a Inter. Se não for afastada de competições continentais, o mais provável é que mande jogos com portões fechados.

Agencia Estado,

13 de abril de 2005 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.