Dida inicia despedida do Corinthians

Os quatro jogos pelas finais do Rio-São Paulo e pela Copa do Brasil devem ser os últimos do goleiro Dida pelo Corinthians. O seu altíssimo salário (R$ 240 mil mensais) e o sonho do jogador, que pretende retomar a sua carreira no Milan depois da Copa do Mundo, são os principais obstáculos à sua permanência no Parque São Jorge. Seu contrato termina em 30 de junho.O Corinthians sonha com Júlio César, do Flamengo, apesar de uma certa resistência do clube carioca, que não aceita incluir o seu goleiro como complemento de pagamento da dívida ainda do passe do atacante Edílson.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.