Alexandre Vidal / Flamengo
Alexandre Vidal / Flamengo

Diego admite concorrência 'muito forte' e prevê dificuldade contra a LDU

Flamengo atua nesta quarta-feira, no Maracanã, pela segunda rodada do grupo pela Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

11 de março de 2019 | 18h07

Dois dias depois de empatar com o Vasco pelo Campeonato Carioca, o Flamengo se reapresentou nesta segunda-feira e iniciou a preparação para o duelo diante da LDU, quarta, no Maracanã, pela Libertadores. Fora do clássico do fim de semana, Diego viu nomes como Arrascaeta e Everton Ribeiro terem boas atuações, o que ampliou a concorrência por vaga no setor ofensivo do meio de campo.

"Essa situação da concorrência existe e está muito forte. O Flamengo ganha com isso. Convivi com isso durante toda a minha carreira. Todos se concentram e se dedicam. Eu tenho versatilidade e o Abel sabe onde pode me utilizar ou não, cabe ao treinador fazer isso. Jogar mais adiantado ou recuado, acredito que todos podem fazer. O treinador vai decidir o que é melhor para a equipe", considerou nesta segunda-feira.

Pensando justamente no confronto com a LDU, o técnico Abel Braga poupou boa parte dos titulares diante do Vasco. Tudo para que o Flamengo entre em campo com a melhor condição possível para buscar a segunda vitória na Libertadores, após bater o San José na estreia mesmo na altitude de Oruro.

"Acredito que hoje é uma possibilidade que temos para manter o nível bom da equipe. O jogador não ir para jogos serve para preservá-lo. Isso sem dúvida é benéfico e deve ser feito. Nós, jogadores, temos que estar em alto nível. Para isso, uma vez ou outra é necessário estar de fora. Foi o que aconteceu nesse fim de semana", comentou.

A partida desta quarta colocará frente a frente os líderes do Grupo D da Libertadores, uma vez que a LDU passou pelo Peñarol na estreia por 2 a 0. "Sem dúvida, vamos nos preparar para um jogo duro e difícil, assim como são todos. Chegaremos prontos para enfrentar uma equipe que virá aqui para nos causar dificuldades. Estamos dispostos a tudo para superar todas essas dificuldades dentro da partida", garantiu Diego.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.