Gilvan De Souza / Flamengo
Gilvan De Souza / Flamengo

Diego afirma que Flamengo precisa focar no Cruzeiro e esquecer o Corinthians

Meia não quer companheiros 'iludidos' em alcançar o líder do Brasileirão: 'Temos de fazer o nosso campeonato'

Estadao Conteudo

14 de julho de 2017 | 21h14

O elenco do Flamengo se reapresentou nesta sexta-feira após a derrota para o Grêmio, em casa, na última quinta, pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto os titulares fizeram um treinamento regenerativo, os demais trabalharam com bola sob o comando do técnico Zé Ricardo.

Encerrado o regenerativo, o meia Diego concedeu uma entrevista coletiva. E foi taxativo: o Flamengo precisa esquecer a distância de 12 pontos (35 a 23) para o Corinthians, líder do campeonato, e se concentrar totalmente no Cruzeiro, adversário deste domingo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 14.ª rodada.

"Vai ser um jogo muito difícil. Nosso objetivo com uma eventual vitória não é nos aproximar do Corinthians, mas fazer nosso dever. O Cruzeiro é uma equipe muito bem equilibrada, difícil de enfrentar, principalmente jogando no Mineirão diante de seus torcedores", comentou o meia, reforçando que ainda "não parou para pensar" na distância aberta pelo Corinthians.

"Nesse momento, temos que fazer o nosso campeonato. Obviamente acaba sendo natural todos falarem sobre o Corinthians. Depois de todos os jogos, ganhando ou perdendo, as equipes acabam falando sobre eles", avaliou Diego. "No momento ainda não estou preocupado em pensar no Corinthians, ainda chegará a hora de pensar nisso, mas agora temos que focar no nosso desempenho, em vencer as partidas. Isso é o mais importante".

Mais importante do que pensar no líder, segundo Diego, é o Flamengo seguir preocupado com cada jogo, estudando os seus adversários e buscando naturalmente aproximar-se do líder. "Com nossas atitudes, teremos propriedade para falar em buscar o topo. É natural nos concentrarmos em enfrentar o próximo adversário. Teremos o Cruzeiro pela frente, que é uma equipe muito forte e que é difícil de enfrentar na casa deles. Caso não estejamos concentrados apenas nessa partida, acabaremos nos prejudicando".

Diego também fez uma análise sobre o momento do Flamengo. E garantiu que o time tem muito a melhorar quando alguns recém-contratados se entrosarem melhor com o restante do elenco. "Apesar de estarmos trabalhando em alto nível, tem coisas que precisam da prática. Geuvânio estreou, Everton Ribeiro fez jogos bons jogos conosco. A qualidade está aí, somos uma equipe visada e estudada pelos adversários. A organização temos procurado treinar, praticar, mas é claro que o entendimento vai acontecendo nas partidas", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.