Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Diego Aguirre 'escolhe' deixar Al Rayyan, do Catar, e faz mistério sobre seu futuro

Treinador uruguaio, de 55 anos, disse estar 'ansioso para anunciar seus próximos passos' na carreira

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2020 | 10h02

O técnico Diego Aguirre, ex-São Paulo, Internacional e Atlético-MG, anunciou que deixará o comando do Al Rayyan, do Catar. O comunicado foi divulgado nas redes sociais do treinador uruguaio, que justificou sua saída em decorrência de "escolhas pessoais". "Hoje, decidi pela interrupção de meu trabalho no Al Rayyan, devido a escolhas pessoais. Eu gostaria de agradecer à diretoria do clube e a todos os atletas com quem trabalhei desde minha chegada, em julho de 2019. Desejo sucesso ao time em sua sequência!", escreveu Aguirre, que ainda afirmou estar ansioso para revelar quais serão seus próximos passos.

"Não foi uma decisão simples de tomar, mas fui muito feliz em meu retorno a esse país, que sempre me acolheu como um dos seus. Tenho certeza de que o clube estará em boas mãos e estou ansioso para anunciar meus próximos passos em breve", disse.

Aguirre deixa a equipe catariana após cerca de um ano e cinco meses. Ao todo, foram 18 vitórias, nove empates e oito derrotas. Com o futuro incerto, especula-se que ele possa voltar à sua terra natal para assumir o comando do Peñarol. Isso é o que diz a imprensa uruguaia. Aguirre já esteve cotado também para comandar a seleção uruguaia, com quem o Brasil joga na terça-feira.

No entanto, recentemente, Aguirre deu indícios de que voltaria ao Brasil, onde fez seu último trabalho à frente do São Paulo, em 2018. "Vou ter uma outra experiência no Brasil. Não sei se vai ser daqui a pouco ou se vai demorar um pouco mais. Já recusei várias propostas. Mas sei que receberei outras e que acabarei aceitando", afirmou o treinador ao UOL.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Today I decided to interrupt my work at Al Rayyan due to personal choices. I would like to thank the management of the club and all the players with whom I have worked here since my arrival in July 2019. I wish the club success in its continuity. It was not an easy decision to make, but I was very happy in my return to this country, that always welcomed me as his own. I'm sure the club will be in good hands, and I'm eager to announce my following steps shortly. ---- Hoy decidí interrumpir mi secuencia de trabajo en Al Rayyan, debido a decisiones personales. Gustaría de agradecer a la directiva del club y a todos los atletas con que he trabajado desde mi llegada en julio de 2019. ¡Deseo éxito al equipo en su secuencia! No fue una decisión fácil, pero me sentí muy feliz de volver a este país, que siempre me ha acogido como uno de los suyos. Estoy seguro de que el club estará en buenas manos y espero poder anunciar mis próximos pasos pronto. --- Hoje, decidi pela interrupção de meu trabalho no Al Rayyan, devido a escolhas pessoais. Eu gostaria de agradecer à diretoria do clube e todos os atletas com quem trabalhei desde minha chegada, em julho de 2019. Desejo sucesso ao time em sua sequência! Não foi uma decisão simples de tomar, mas fui muito feliz em meu retorno a esse país, que sempre me acolheu como um dos seus. Tenho certeza que o clube estará em boas mãos e estou ansioso para anunciar meus próximos passos em breve.

Uma publicação compartilhada por Diego Aguirre (@oficialdiegoaguirre) em

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.