Rubens Chiri / saopaulofc.net
Rubens Chiri / saopaulofc.net

Diego Aguirre mostra descontentamento com empate do São Paulo em Fortaleza

Treinador demonstra esperança de que Everton cresça quando conseguir entrosamento com o grupo

Wilson Baldini Jr., Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 19h14

Depois de criticar a atuação do time na eliminação da Copa do Brasil diante do Atlético Paranaense, no meio de semana, o técnico uruguaio Diego Aguirre voltou a se decepcionar neste domingo, após o empate sem gols do São Paulo contra o Ceará, em Fortaleza, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Com um a menos, Fluminense segura pressão e derrota o Cruzeiro no Maracanã

+ Atlético-MG conta com oportunismo de Ricardo Oliveira para bater o Vitória em BH

"Eu esperava um time com maior criatividade, com intensidade para atacar. Tínhamos Cueva, Nenê... Busquei opções, mudei o time pois a intenção é de sempre buscar as vitórias, dentro ou fora de casa. Eu não estou contente com o empate", afirmou em entrevista coletiva após o jogo, na Arena Castelão.

Mesmo assim, o treinador destacou a participação do estreante Everton no jogo. "Ele teve só um dia de treino com o grupo. Trata-se de um jogador de grande qualidade técnica. Será um reforço espetacular. Precisa de tempo para adquirir a melhor forma e entrosamento com os demais jogadores".

Questionado sobre o meia-atacante Diego Souza, ausente no jogo desta domingo, Diego Aguirre foi político. "É um patrimônio do São Paulo. Conto com o Diego Souza. Ele faz parte do grupo. Preciso saber qual a intenção do jogador", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.