Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo

Diego Alves vê 'semana diferente' antes de clássico e exalta evolução do Flamengo

Equipe rubro-negra enfrenta o Fluminense, no sábado, pela semifinal da Taça Guanabara

Redação, Estadão Conteúdo

05 de fevereiro de 2019 | 19h53

O Flamengo terá sua primeira grande decisão de 2019 neste sábado, quando encara o Fluminense no Maracanã pela semifinal da Taça Guanabara. Além do peso natural pela disputa de uma vaga na final do primeiro turno do Campeonato Carioca, o time rubro-negro vive a expectativa de um clássico importantíssimo, o que mexe com a semana do elenco.

"É uma responsabilidade grande contra um rival, um clássico decisivo. É uma semana diferente, mexe com a emoção dos torcedores. Vamos seguir firme no nosso trabalho, no nosso foco. Será o primeiro de muitos jogos importantes. Vamos tentar vencer", declarou o goleiro Diego Alves nesta terça-feira.

Na primeira fase, o Flamengo se classificou como líder do Grupo C, com a segunda melhor campanha no geral - atrás somente do Vasco. Depois de um início pouco inspirado, a equipe rubro-negra embalou com a vitória no clássico sobre o Botafogo e conseguiu bons triunfos sobre Boavista e Cabofriense.

"Estamos em uma crescente. É normal essa fase de adaptação, temos jogadores chegando. A cada jogo, podemos ver uma grande melhora. Já não levamos gol, isso é importante, dá confiança. Vamos seguir trabalhando, o ano está só começando", comentou Diego Alves.

Diante do Fluminense, o técnico Abel Braga deve finalmente revelar a escalação que considera ideal, após muitos testes neste início de temporada. "O Abel foi claro, disse que quem estiver melhor vai jogar. É coerente, sabe lidar com isso. A vaga, você tem que batalhar dia a dia", apontou o goleiro.

Diego Alves ainda aprovou o sistema de rodízio adotado pelo treinador na Taça Guanabara. "Temos um comandante, o Abel. Ele tem demonstrado desde o início a maneira que vai trabalhar. Acho importante (o revezamento). Os jogos são desgastantes. É sempre positivo ter uma disputa sadia para o time crescer. Quem não está jogando agora pode estar no futuro".

 

 

Mais conteúdo sobre:
FlamengoDiego Alvesfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.