Elvis González/EFE
Elvis González/EFE

Diego aprova atuação e lamenta chances desperdiçadas pelo Flamengo

Time carioca cai diante da Universidad Católica por 1 a 0, no Chile, pela Libertadores

Estadão Conteúdo

16 de março de 2017 | 00h19

A derrota nesta quarta-feira para a Universidad Católica por 1 a 0, no Chile, pela Copa Libertadores, trouxe um importante alerta ao Flamengo: embora esteja criando, o time não pode desperdiçar tantas oportunidades.

Essa foi, ao menos, a avaliação do elenco, que até aprovou a atuação, mas ponderou que o time precisa ser mais preciso nas conclusões. "Nós não conseguimos aproveitar as oportunidades, e com uma bola parada eles ganharam a partida", lamentou o meia Diego. "Não faltou técnica, não faltou luta, mas precisamos aproveitar melhor as chances."

Diego garantiu, ainda, que a derrota para a Universidad Católica precisa servir de exemplo. "Todos os jogos são perigosos e espero que hoje (quarta) sirva de lição. Precisamos aproveitar as oportunidades. Existe a frustração por não conseguir a vitória, mas fizemos um bom jogo na minha análise. Só não fizemos o gol."

A avaliação de Diego foi salientada pelo atacante Gabriel, que entrou no segundo tempo nesta quarta-feira, no lugar de Everton. "O time jogou bem e estávamos conscientes de que precisávamos fazer o gol para ter tranquilidade, mas não conseguimos", comentou. "A Libertadores é a competição mais difícil da América do Sul e é assim mesmo: tivemos inúmeras oportunidades e não matamos", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengofutebolFlamengoLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.