Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Diego assume responsabilidade no Fla e pede inteligência com vantagem do empate

"A torcida cobra de quem ela sabe que pode corresponder", disse o jogador, uma das maiores apostas do clube nos últimos anos

Estadão Conteúdo

26 de março de 2018 | 20h54

Às vésperas de mais um clássico decisivo no Campeonato Carioca, o meia Diego reconheceu nesta segunda-feira a responsabilidade maior que carrega na liderança do Flamengo e prometeu empenho para justificar as cobranças maiores sobre si. Na quarta-feira, o time rubro-negro vai decidir uma vaga na final do Estadual contra o Botafogo.

+ Confira a tabela da Taça Rio

"Sinto essa responsabilidade. Não é porque sou eu, Diego, mas porque é uma posição que conquistei, que gera uma expectativa. A torcida cobra de quem ela sabe que pode corresponder", disse o jogador, uma das maiores apostas do clube carioca nestes últimos anos.

"Até agora, fui decisivo em alguns momentos nessa temporada. Nem sempre você vai fazer um gol aos 40 minutos do segundo tempo, mas há várias maneiras de ser decisivo, com passes para gols e articulando bem as jogadas", declarou o meio-campista.

No Flamengo desde 2016, Diego admitiu certo incômodo com a pressão por títulos. "A impressão que tenho é que temos a obrigação de vencer. Quando vencemos, não temos tanto direito de comemorarmos", comentou o atleta. "Mas, independentemente do favoritismo ou não, quando entramos em campo, isso não existe mais. São onze contra onze. As dificuldades que existem para as outras equipes existem também para nós", completou.

Para o duelo desta quarta, o Flamengo terá a vantagem do empate para ficar com a vaga na finalíssima do Campeonato Carioca. Mas Diego pediu "inteligência" para aproveitar este diferencial.

"Uma vantagem do empate no clássico é considerável, e agora ela está ao nosso lado. Temos que ser inteligentes e sabemos da responsabilidade que temos de nos classificarmos", projetou Diego.

O meia também mostrou preocupação com o estado do gramado do Maracanã, que receberá as duas semifinais e as finais do Campeonato Carioca. "É sempre maravilhoso jogar no Maracanã. Apesar do gramado estar, inexplicavelmente, em péssimas condições, nunca será uma desculpa. Entraremos para vencer e aproveitaremos a atmosfera do Maracanã para isso", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoDiego

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.