Divulgação
Divulgação

Diego Cardoso renova até 2016 com Santos após primeiro gol

Clube confirma que a promessa renova o seu vínculo até dezembro de 2016

Agência Estado

10 de março de 2014 | 13h13

SANTOS - Um dia após marcar o seu primeiro gol entre os profissionais do Santos, o atacante Diego Cardoso firmou um novo contrato com a equipe. Nesta segunda-feira, o clube confirmou que a promessa renovou o seu vínculo até dezembro de 2016. Assim, o jogador, de apenas 20 anos, celebrou a ampliação do seu contrato e também o seu gol na vitória por 4 a 1 sobre o Oeste, no último domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

"Foi uma semana abençoada. Fiz aniversário na quinta passada, assinei o novo contrato e, para completar, fiz o primeiro gol ontem no profissional. As coisas estão acontecendo! Agora é continuar trabalhando firme e forte, esperar mais chances para eu poder mostrar meu futebol para a nação santista", comentou o jogador.

Há sete anos no Santos, Diego Cardoso foi campeão da Copa do Brasil Sub-20 em 2013 e da Copa São Paulo neste ano, sendo artilheiro de ambas as competições, com nove gols cada. E ele espera repetir as conquistas entre os profissionais. "Eu quero mais! Assim como tive títulos na base, agora meu objetivo é ser campeão no elenco profissional", completou.

Superintendente de futebol do Santos, André Zanotta fez elogios a Diego Cardoso e destacou que o clube aposta alto no futuro do atacante. "O Diego é um atleta que tem tido grande destaque desde que chegou. Está aqui no clube desde 2007, conquistou muitos títulos nas categorias de base e, agora, temos a grande satisfação em estender a permanência dele aqui no Santos por, pelo menos, mais 3 anos. Ainda mais no dia seguinte do seu primeiro gol no time principal. Não tenho dúvida de que continuará trilhando um caminho de muito sucesso no futebol e dará muitas alegrias aos torcedores santistas", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDiego Cardoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.