Diego Carvalho: laudo só em 15 dias

A causa da morte do jogador Diego Carvalho deverá ser divulgada em 15 dias. No último domingo, o atleta de 18 anos faleceu em Brodosqui, quando atuava pela Liga Regional Amadora, defendendo o Soccer Club de Ribeirão Preto, uma franquia do São Paulo. Diego foi enterrado na manhã desta segunda-feira no Cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto.De acordo com o atestado de óbito, Carvalho sofreu uma parada cardio-respiratória e sofria de uma doença cardíaca ainda não esclarecida. Somente o laudo médico, que deverá ser apresentado nas próximas semanas é que irá revelar ao certo o problema. A polícia informou que irá aguardar o resultado do laudo para abrir inquérito sobre o caso.Aos oito minutos de jogo, Diego subiu para cabecear uma bola e repentinamente caiu no chão. Um aposentado do corpo de bombeiro que assistia à partida ainda tentou reanimá-lo com uma respiração boca a boca. O jogador chegou a retomar a consciência, mas em seguida desmaiou novamente. Ele foi levado por seu pai para o centro de saúde de Brodosqui, e em seguida para o Hospital Ribeirânia, em Ribeirão Preto, onde morreu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.