Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Diego Cavalieri exalta Flamengo e pede Fluminense 'sem erros'

Tricolor carioca é o quinto no campeonato carioca e busca vaga

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2015 | 20h33

O Fluminense fará o clássico diante do Flamengo neste domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca. Com o adversário em melhor fase e liderando a competição, o goleiro Diego Cavalieri sabe que qualquer erro pode terminar em gol, principalmente pela qualidade ofensiva do rival, que conta com Marcelo Cirino e Alecsandro em ótimos momentos.

"Em um jogo importante como o Fla-Flu, cada detalhe é importante. Um erro pode ceder a vitória ao adversário. Tomara que ela seja conquistada de forma natural, sendo objetivo. Contra um adversário desse porte, se dermos oportunidade, dificilmente eles erram. Que o resultado venha com uma atuação tranquila e organizada", declarou nesta quinta-feira.

Com 28 pontos, o Fluminense está em quinto e, momentaneamente, fora da zona de classificação para as semifinais do Carioca, a apenas duas rodadas para o fim da primeira fase. Na última partida, no entanto, a equipe pega o Madureira, terceiro colocado com 30 pontos, e, por isso, depende somente dela mesma para avançar. Duas vitórias darão ao time tricolor a vaga na próxima fase.

"Sabemos que nossa caminhada é muito difícil, já foram dois jogos, mas faltam dois. Serão dois confrontos diretos. Sabemos a importância e o peso desse clássico. Não dá para pensar lá na frente sem fazer o nosso trabalho no próximo jogo primeiramente", disse Cavalieri, lembrando das últimas duas vitórias do Fluminense.

Se o Fluminense está reagindo, o goleiro também voltou a viver um bom momento nas últimas rodadas. "O trabalho é o mesmo, sempre dedicado, focado. Às vezes você se cuida um pouco mais, pelo fato da idade tem que se cuidar um pouco mais. Nesse ano tivemos um bom tempo de pré-temporada. O principal é o foco, o dia a dia e procurar cada vez mais estar em alto nível, rendendo", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseDiego Cavalieri

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.