Diego Costa defende Mourinho e diz que culpa de início ruim é de jogadores

O atacante Diego Costa, do Chelsea, admitiu estar acima do peso no começo da temporada e defendeu o técnico José Mourinho, insistindo que são os jogadores que devem ser culpados pelo início ruim do atual campeão na Liga Inglesa.

REUTERS

09 de outubro de 2015 | 12h00

O Chelsea ocupada a 16ª posição na tabela e o dono do clube, Roman Abramovich, apoiou publicamente o técnico após a quarta derrota seguida pela liga, desta vez para o Southampton.

Costa marcou 20 gols na Liga Inglesa na temporada passada, quando o Chelsea conseguiu o título com uma confortável vantagem de oito pontos, mas não está se saindo bem até o momento nesta temporada.

O atacante possui somente um gol na Liga e esteve nos noticiários pelas razões erradas, incluindo a punição por conduta violenta na vitória por 2 x 0 contra o Arsenal, em 19 de setembro.

"Sabemos que não estamos na forma que deveríamos estar no começo da temporada. Vou ser honesto, talvez algumas semanas atrás, não estava no meu melhor jogo. Pelo menos fisicamente", disse Costa de acordo com a mídia britânica. "No final da temporada passada eu me lesionei e entrei de férias. Quando voltei... estava um pouco acima do peso, isto afetou meu rendimento."

"Você pode ser egoísta e culpar o técnico, mas não farei isso. Sou 100 por cento responsável, assim como os outros jogadores", acrescentou o atacante de 27 anos.

Costa se junta a uma série de jogadores experientes, incluindo John Terry e Cesc Fàbregas, que apoiaram Mourinho, no que ele descreveu como "o pior período em minha carreira".

(Reportagem de Shravanth Vijayakumar)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESCOSTAMOURINHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.