EPA
EPA

Diego Costa é cortado por lesão e dá lugar a atacante do Celta na Espanha

Brasileiro naturalizado espanhol não conseguiu treinar com a equipe por sofrer com fadiga muscular e dores na virilha

O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2016 | 11h29

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou nesta quinta-feira o corte de Diego Costa do jogo que a Espanha dará contra a Macedônia, sábado, em Granada, pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018. O brasileiro naturalizado espanhol foi descartado deste confronto e também do amistoso contra Inglaterra, terça-feira, em Londres, por motivo de lesão.

Além do corte do atacante do Chelsea, a RFEF confirmou que o técnico Julen Lopetegui convocou Iago Aspas, do Celta, como substituto para estes dois próximos duelos. Diego Costa, por sua vez, acabou sendo cortado após não ter conseguido treinar nos últimos dias com seus companheiros de seleção.

De acordo com a entidade, o jogador sofre com fadiga muscular e também com dores na virilha esquerda. Ele já se apresentou a Lopetegui com um hematoma no local e tinha a esperança de se recuperar a tempo de defender a Espanha, mas as dores persistiram e ele precisou ser cortado.

A Espanha divide a liderança do Grupo G das Eliminatórias Europeias com a Itália, ambas com sete pontos ganhos. Também no sábado, os italianos enfrentarão Liechtenstein, fora de casa, pela quarta rodada da chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.