Albert Gea / Reuters
Albert Gea / Reuters

Diego Costa é suspenso por 8 jogos após expulsão e não atua mais nesta temporada

Atacante ofendeu árbitro ao receber cartão vermelho no confronto com o Barcelona

Redação, Estadão Conteúdo

11 de abril de 2019 | 10h58

O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa está fora do restante da temporada na Europa. Nesta quinta-feira, o Comitê de Disciplina da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol) aplicou uma suspensão de oito jogos ao jogador do Atlético de Madrid por conta de sua expulsão na derrota por 2 a 0 para o Barcelona, no último sábado, no estádio Camp Nou, em Barcelona, pelo Campeonato Espanhol.

Diego Costa foi expulso ainda no primeiro tempo da partida do final de semana. O atacante fez uma falta dura e recebeu o cartão vermelho do árbitro Jesus Gil Manzano. Na saída de campo, o jogador se dirigiu ao juiz e falou: "Vai para a p... que te p...". Isso consta em parte da súmula apresentada pelo árbitro, além das palavras terem sido gravadas pelo microfone que este utiliza para comunicar com o VAR (árbitro de vídeo).

A sanção imposta pelo Comitê de Disciplina é dividida em duas punições: quatro partidas por insultar o árbitro após sua expulsão, aos 28 minutos do primeiro tempo, e mais quatro jogos por agarrar o braço do juiz antes de sua saída de campo. Como faltam sete rodadas para o final do Campeonato Espanhol, Diego Costa não vai mais atuar pelo Atlético de Madrid nesta temporada. No total, o atacante de 30 anos marcou cinco gols em 21 partidas.

O Atlético de Madrid já anunciou que vai apresentar um recurso junto ao Comitê de Apelação da RFEF. Diego Costa e clube o foram multados. Enquanto o atacante terá de pagar 6.010 euros (R$ 25,9 mil), os dirigentes do time irão desembolsar 2.800 euros (R$ 12 mil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.