Javier Barbancho/Reuters
Javier Barbancho/Reuters

Diego Costa faz gol e é expulso em vitória do Atlético de Madrid

Brasileiro naturalizado espanhol recebe cartão vermelho após comemorar com a torcida o segundo gol da equipe sobre o Getafe

Estadão Conteúdo

06 Janeiro 2018 | 12h06

Diego Costa volta a ser protagonista no Atlético de Madrid neste sábado. Três dias após reestrear com gol na equipe espanhola, o atacante deixou sua marca novamente no triunfo da equipe sobre o Getafe por 2 a 0, em casa, pelo Campeonato Espanhol. Mas acabou sendo expulso logo após o gol, por comemorar de forma irregular, junto à torcida.

+ Barcelona acerta a contratação de Philippe Coutinho, segundo jornais espanhóis

+ FA diz que vai investigar suposta ofensa de Firmino contra jogador do Everton

Titular desta vez, o brasileiro naturalizado espanhol marcou o seu gol aos 22 minutos do segundo tempo. Ele escorou cruzamento rasteiro da direita e só empurrou para as redes. Na comemoração, foi até a torcida e abraçou fãs do Atlético. De imediato, o árbitro sacou o cartão vermelho e excluiu o jogador da partida. Ele havia levado o amarelo minutos antes.

A reestreia de Diego Costa com a camisa do Atlético aconteceu na quarta-feira, quando entrou em campo no segundo tempo e precisou de apenas quatro minutos para balançar as redes contra o Lleia, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Rei - o Atlético goleou por 4 a 0.

Neste sábado, Diego Costa formou trio de ataque com o francês Antoine Griezmann e o argentino Angel Correa. E foi dos pés do jogador da Argentina que saiu o primeiro gol do Atlético contra o Getafe. Aos 18 minutos de jogo, ele recebeu passe na direita e bateu com categoria cruzado, para as redes.

Daí em diante, o jogo ganhou em movimentação e até tensão, principalmente no fim do primeiro tempo. Diego Costa até se estranhou com um dos rivais no caminho dos vestiários, sem maiores consequências.

O Atlético seguiu melhor no segundo tempo e o gol do atacante praticamente definiu a partida, aos 25 minutos. O Getafe se retraiu e ofereceu poucas ameaças ao gol defendido por Oblak nos minutos finais.

Com o resultado, o Atlético de Madrid manteve a vantagem na segunda colocação da tabela do Espanhol. Tem agora 39 pontos, seis atrás do líder Barcelona, que só jogará no domingo, contra o Levante. O Getafe, por sua vez, tem 23 pontos e ocupa a oitava posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.