Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Diego Costa lamenta 'reações exageradas' a suas divididas nos jogos

Brasileiro naturalizado espanhol está suspenso e diz que 'chutes que recebe' seriam penalizados com cartões vermelhos na Espanha

REUTERS

13 de fevereiro de 2015 | 20h19

O criticado atacante Diego Costa, com retorno aos campos marcado para o jogo do Chelsea contra o PSG pela Liga dos Campeões na terça-feira, acredita que suas disputas em campo por vezes resulta em “reações exageradas”.

O brasileiro naturalizado espanhol foi duramente criticado depois de receber uma suspensão por uma entrada perigosa contra Emre Can, do Liverpool, durante a vitória na semifinal da Copa da Liga Inglesa, no Stamford Park, em janeiro.

Manuel Pellegrini, técnico do Manchester City, disse no mês passado esperar que a suspensão de Costa fosse ser “algo bom para ele mudar no futuro”.

No entanto, o ex-jogador do Atlético de Madri, de 26 anos, enxerga as coisas de uma maneira diferente.

“Alguns dos chutes que recebo na Inglaterra seriam punidos com cartão vermelho na Espanha”, disse Costa em declarações publicadas no site do Chelsea nesta sexta-feira. “Minhas disputas de bola são fortes mas leais ao mesmo tempo.”

“Se você checar meu histórico, vai descobrir que nunca causei uma lesão séria em nenhum jogador. No fim das contas, às vezes coisas pequenas que eu faço em campo provocam reações exageradas”, acrescentou o jogador.

“Eu me considero um jogador que disputa e dá tudo de si em campo. Estou me acostumando a receber mais chutes do que antes”, afirmou Costa.

(Por Tony Jimenez)

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolDiego CostaChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.