Divulgação/Atlético de Madrid
Divulgação/Atlético de Madrid

Diego Costa marca, mas Atlético de Madrid só empata na volta do Espanhol

Atacante dedicou o gol para Veronica Torrecilla, jogadora do clube que se recupera de uma cirurgia para remoção de um tumor no cérebro

Redação, Estadão Conteúdo

14 de junho de 2020 | 12h02

Em seu primeiro compromisso após a paralisação do Campeonato Espanhol pela pandemia do novo coronavírus, o Atlético de Madrid empatou em 1 a 1 com o Athletic Bilbao neste domingo, fora de casa, e perdeu a oportunidade de entrar na zona de classificação à próxima edição da Liga dos Campeões.

O Atlético de Madrid soma 46 pontos e segue na sexta colocação. Desperdiçou, com o tropeço, a chance de assumir o quarto lugar, ao menos temporariamente, já que a Real Sociedad, que também tem 46 pontos, mas saldo de gols superior, ainda joga na rodada. O Athletic Bilbao é o décimo, com 38 pontos.

Considerando o desempenho na partida, o empate fora de casa, no San Mamés, foi até positivo para a equipe treinada pelo argentino Diego Simeone. O time madrilenho mostrou a mesma inconsistência de antes da paralisação do campeonato e chegou a ser dominado pelos donos da casa em alguns momentos.

Os gols saíram na primeira tempo, etapa mais movimentada, com chances para os dois lados. O Bilbao abriu o placar com o atacante Muniain, em bonito arremate colocado, aos 36 minutos. Dois minutos depois, Diego Costa bateu colocado na saída do goleiro e empatou a partida.

Na comemoração, o atacante brasileiro naturalizado espanhol exibiu a camisa com o nome de Veronica Torrecilla, jogadora do time feminino do Atlético de Madrid que foi submetida recentemente a uma cirurgia para remoção de um tumor no cérebro. Nas redes sociais, ela agradeceu o gesto. "Não tenho palavras, você é incrível. Obrigada, de coração", escreveu.

O confronto também foi marcado por tributos às famílias das vítimas da covid-19. Antes de a bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio, com todos os jogadores reunidos no centro do campo, e os capitães das duas equipes também deixaram flores nas arquibancadas em memória de todos que morreram pela doença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.