Rodrigo Jiménez/EFE
Rodrigo Jiménez/EFE

Diego Costa marca, mas Atlético leva virada do Sevilla na Copa do Rei

Equipe de Madri sai atrás em luta por vaga na semifinal da competição

Estadão Conteúdo

17 Janeiro 2018 | 18h30

O Atlético de Madrid desperdiçou nesta quarta-feira grande oportunidade de abrir vantagem no confronto com o Sevilla, na briga por uma vaga na semifinal da Copa do Rei. Jogando em casa, o time madrilenho até saiu na frente, com gol de Diego Costa, mas permitiu a virada nos minutos finais da partida.

+ Manchester City estende contrato do zagueiro Otamendi até 2022

+ Sem chances no Arsenal, Walcott é contratado pelo Everton

O resultado deixou o Sevilla em situação favorável para decidir a vaga em casa, na próxima terça-feira. Um empate garantirá o time da casa na semifinal, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

Nesta quarta, Atlético e Sevilla fizeram um primeiro tempo de poucas emoções e sem alterações no placar. Na etapa final, porém, as redes balançaram três vezes. Diego Costa aproveitou rebote da defesa, aos 28 minutos, e bateu para as redes, da esquerda.

Seis minutos depois, o time da casa facilitou a vida do Sevilla, quando Miguel Angel Moya mandou contra as próprias redes. A virada veio aos 43, numa vacilada geral da defesa anfitriã. Joaquin Correa recebeu livre pelo meio, entrou na área e bateu na saída do goleiro.

Entre os brasileiros, somente Diego Costa esteve em campo nesta quarta. Filipe Luis, seu companheiro de Atlético, ainda se recupera de problema físico. E Paulo Henrique Ganso, do Sevilla, segue sem receber chances no time, o que vem sendo rotina desde que o italiano Vincenzo Montella assumiu o comando da equipe.

Em outro jogo da ida das quartas de final já finalizado nesta quarta, o Valencia bateu o Alavés por 2 a 1. Assim como aconteceu no duelo do Sevilla, o Valencia ganhou de virada, graças aos gols de Gonçalo Guedes e Rodrigo. Ruben Sobrino balançou as redes para o Alavés. Todos os gols saíram no segundo tempo.

VIOLÊNCIA

Autoridades espanholas informaram nesta tarde que um torcedor do Atlético foi hospitalizado antes do início da partida, após ter sido esfaqueado. O torcedor de 22 anos teria sido atacado perto de uma estação de metrô, a caminho do estádio. Ele foi esfaqueado na perna, nos braços e nas costas. Não foi informado o estado de saúde dele.

Mais conteúdo sobre:
Atlético de Madrid Sevilla [Espanha]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.