Diego Costa pega três jogos de gancho por confusão em clássico inglês

Depois de cancelar o cartão vermelho dado a Gabriel Paulista no clássico entre Chelsea e Arsenal, no último sábado, a Associação de Futebol da Inglaterra (FA) decidiu punir o atacante Diego Costa. Principal responsável pela confusão que resultou na expulsão do adversário, o brasileiro naturalizado espanhol foi suspenso por três partidas nesta terça-feira.

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2015 | 16h01

Diego Costa foi um dos responsáveis pela vitória do Chelsea sobre o Arsenal, por 2 a 0. Não marcou gols, mas suas atitudes e provocações resultaram na expulsão de Gabriel Paulista ainda no primeiro tempo. O zagueiro do Arsenal, aliás, havia tido o cartão vermelho cancelado mais cedo nesta terça pela FA, que discordou da "conduta violenta" justificada pelo árbitro Mike Dean para expulsá-lo.

Com Diego Costa, no entanto, a entidade fez justamente o contrário. Entendeu que as atitudes do atacante, que empurrou o rosto de Koscielny momentos antes de se desentender com Gabriel Paulista, se enquadravam justamente no artigo que descreve a "conduta violenta" e, por isso, decidiu puni-lo com três partidas de gancho.

A punição só foi possível depois da análise das imagens de tevê, já que o árbitro não viu qualquer infração de Diego Costa no gramado, e tem efeito imediato. Desta forma, o atacante desfalcará o Chelsea nos confrontos diante de Newcastle, Southampton e Aston Villa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChelseaDiego Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.