Susana Vera/Reuters
Susana Vera/Reuters

Diego Costa tem hérnia de disco e pode ficar 3 meses longe dos gramados

Brasileiro naturalizado espanhol atuou em 15 partidas, marcou dois gols e distribuiu três assistências

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2019 | 10h22

O Atlético de Madrid divulgou nesta quinta-feira que o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa está sofrendo com uma hérnia de disco, com isso, pode ficar até três meses afastado dos gramados para se recuperar.

De acordo com informação do departamento médico, publicada no site do clube, o camisa 19 foi submetido a exames para avaliar as dores apresentadas na região cervical nos últimos dias, que constataram o problema mais grave.

"Nos próximos dias, ele será avaliado por especialistas em neurocirurgia, para estabelecer o tratamento definitivo", diz o texto.

A opção mais provável, de acordo com as informações divulgadas pelo próprio Atlético, é que o jogador seja operado. Se isso acontecer, Diego Costa terá que ficar três meses longe dos gramados, em processo de recuperação.

Nesta temporada, o brasileiro naturalizado espanhol atuou em 15 partidas, marcou dois gols e distribuiu três assistências./Com informações da EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético de MadridfutebolDiego Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.