Alberto Estevez/EFE
Alberto Estevez/EFE

Diego Costa viaja à Sérvia e aposta em novo tratamento para jogar final

Atacante luta contra o tempo para ajudar o Atlético de Madrid no duelo com o Real

Agência Estado

21 de maio de 2014 | 08h28

BELGRADO - Diego Costa virou o centro das atenções para o clássico de sábado, entre Atlético de Madrid e Real Madrid, que vai decidir o título da Liga dos Campeões. O jogador está com uma lesão muscular no bíceps femoral da coxa direita e é dúvida para o confronto. Para tentar se recuperar a tempo de jogar, viajou a Belgrado, na Sérvia, para se submeter a um tratamento inovador.

Em Belgrado, Diego será atendido por Marijana Kovacevic, médica que tem ganhado fama com jogadores de futebol e recentemente tratou Van Persie, Frank Lampard e Glenn Johnson, entre outros. Todos teriam voltado da Sérvia com ótimas referências.

Seu método consiste em aplicar um fluido derivado da placenta de cavalo no músculo afetado. A substância causa um tipo de choque no local e acelera a recuperação. Tudo para estar em campo naquele que seria o jogo mais importante da carreira de Diego Costa.

O debate na Espanha, porém, vai além da utilização do centroavante na decisão, uma vez que, se atuar no sacrifício, Diego Costa pode colocar em risco sua participação na Copa do Mundo, quando deverá ser jogador chave no time do técnico Vicente Del Bosque. Só nessa temporada, Diego marcou 36 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.