Diego diz que Brasil vai buscar forças para o bronze

Meia está chateado com derrota para a Argentina, mas não quer voltar para casa sem medalha

Agência Estado

19 de agosto de 2008 | 15h08

O meia Diego afirmou após a derrota brasileira por 3 a 0 contra a Argentina, nesta terça-feira, em Pequim, que tirou a equipe da briga pela medalha de ouro olímpica, que o desafio agora é encontrar forças para pensar no bronze. Veja também: Brasil foi 'pequeno' e Ronaldinho ficou isolado, diz Maradona Imprensa argentina tripudia brasileiros por 'vitória fácil' Técnico da Argentina diz que atropelou o BrasilA campanha brasileira na Olimpíada de Pequim Vote: Dunga deve permanecer no comando da seleção?A decisão desta medalha será contra a Bélgica, na sexta-feira, dia 22. "É difícil, mas é possível conseguirmos essa força. Temos de honrar a camisa do Brasil e vamos fazer isso", disse o jogador. A decepção era evidente no rosto do meia, que voltou a ter um desempenho bastante abaixo da média nesta partida. "Fizemos o que foi possível, mas não estivemos bem", limitou-se a dizer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.