Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Diego enaltece vitória e diz que Fla pensa jogo a jogo: 'Muita coisa pela frente'

Time fará dois jogos seguidos em Belo Horizonte. Domingo diante do América, pelo Brasileiro, e quarta-feira contra o Cruzeiro, pela Libertadores

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2018 | 09h14

Com um gol do meia Diego, o Flamengo se reabilitou da derrota para o Atlético Paranaense e derrotou o Vitória por 1 a 0, na quinta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, voltando a ficar mais perto dos líderes do Campeonato Brasileiro. Na terceira colocação, tem agora apenas dois pontos a menos que o São Paulo.

O herói flamenguista em campo enalteceu o resultado positivo e afirmou que o time está concentrado em jogar bem partida a partida, já que está disputando três competições neste segundo semestre: Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores.

"Foi uma partida muito difícil, com certeza o grande objetivo de hoje (quinta-feira) nós alcançamos, que foi a vitória. Sem dúvida que eu saio muito feliz por poder ter ajudado a equipe. Temos muita coisa pela frente. Na minha opinião a melhor maneira de seguir em frente é pensar no próximo jogo, que será contra o América-MG. Vai ser um jogo difícil, mas vamos com tudo para buscar essa vitória", disse Diego.

O técnico Maurício Barbieri fez questão de destacar a supremacia do Flamengo em campo. "Foi uma vitória muito importante. Sabíamos que seria difícil e encontramos um Vitória diferente. Fizemos um jogo muito bom de alto nível. O Vitória veio fechado e conseguimos circular a bola criando muitas chances de gol. Além disso, controlamos o segundo tempo criando várias chances de ampliar o placar. É importante frisar que não existe vitória por obrigação e sim por mérito. Tivemos mérito para sair com a vitória".

Sobre a escalação dos meias Diego e Everton Ribeiro juntos, o que faria o Flamengo ficar com a defesa mais exposta, o treinador afirmou que os dois trazem o equilíbrio perfeito para sua equipe. "Colocamos os dois juntos e achamos o equilíbrio perfeito. Não jogamos só com os dois, jogamos também com o (Lucas) Paquetá. Acho que somos uma das poucas equipes que joga com um só atleta defensivo no meio. Todos procuram ocupar o espaço e criar oportunidades. Não existe um motivo e sim vários fatores que tornam a equipe competitiva".

Agora o Flamengo viaja para Belo Horizonte, onde jogará duas partidas seguidas. A primeira será neste domingo contra o América-MG, às 16 horas, no estádio Independência, pela 21.ª rodada do Brasileirão. Três dias depois, será a vez de encara o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, pelo duelo de volta das oitavas de final da Libertadores.

"O jogo passou e agora pensamos exclusivamente no América-MG. O foco no Brasileiro é total. Depois disso vamos pensar no Cruzeiro", finalizou Everton Ribeiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.