Arquivo/AE
Arquivo/AE

Diego Maradona fará dieta rigorosa por duas semanas

Em má situação nas Eliminatórias da Copa, técnico da seleção argentina se internou em um spa na Itália

Ansa,

15 de setembro de 2009 | 12h24

O técnico da seleção argentina, Diego Armando Maradona, permanecerá duas semanas sob dieta rigorosa na clínica de spa Henri Chenot, localizada dentro do hotel italiano Palace Merano, segundo informou a direção do estabelecimento.

 

Veja também:

video TV ESTADÃO: Maradona em baixa, Del Potro em alta na Argentina

especialMapa - Confira os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especial ELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

De acordo com o jornal La Nación, Maradona já fez tratamentos para perder peso na clínica, que recebe frenquentemente pessoas famosas, como o cantor italiano Lucio Dalla. Até o tenor Luciano Pavarotti, morto em 2007, se hospedou no local.

 

Os jornais argentinos apontaram também que, além da perda de peso, o técnico pode ter decidido ir para a Europa por mais dois motivos: realizar uma artroscopia no joelho e para se encontrar com oito jogadores da seleção que atuam em clubes locais.

 

Caso a última hipótese seja verdadeira, Maradona deve informar seis jogadores que eles não serão convocados para os dois últimos jogos pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, que serão contra o Peru e o Uruguai.

 

Após perder para o Brasil e para o Paraguai, a Argentina ocupa a quinta colocação da tabela, com 22 pontos, o que pode fazer com que a equipe não consiga ficar entre as quatro classificadas para a competição.

 

O Brasil, que já garantiu vaga para o Mundial, lidera a eliminatória sul-americana com 33 pontos, seguido por Paraguai (30), Chile (27) e Equador (23).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.