Ricardo Mazalan/AP - 9/6/2010
Ricardo Mazalan/AP - 9/6/2010

Diego Maradona recebe proposta para comandar time de Dubai

O presidente do Al Wasl não deu detalhes, mas disse estar 'feliz' com as negociações

AE, Agência Estado

15 de maio de 2011 | 12h26

DUBAI - Após deixar o comando da seleção argentina, ao fim da Copa do Mundo, Diego Maradona poderá dar sequência a sua carreira de técnico nos Emirados Árabes Unidos. Neste domingo, o clube Al Wasl, de Dubai, confirmou ter enviado uma proposta para o ídolo argentino.

O ex-jogador, de 50 anos, visitou as dependências do clube no sábado, mas evitou falar com a imprensa. Presidente do clube, Ashraf Ahmad Mohammad não deu detalhes sobre a oferta feita a Maradona, mas disse estar "feliz" com o andamento da negociação. O dirigente acredita que o acerto deverá ser confirmado nos próximos dias.

O Al Wasl ocupa a quarta colocação no campeonato local e está procurando um treinador desde que demitiu o brasileiro Sérgio Farias em março. Maradona está desempregado desde que levou a Argentina até às quartas de final do Mundial da África do Sul.

Maior ídolo do futebol argentino, assumiu a seleção em 2008 após passagens rápidas pelo Deportivo Mandiyu, em 1994, e pelo Racing Club, no ano seguinte. Nos dois casos, deixou o time antes do fim do seu contrato.

Na seleção, Maradona teve altos e baixos. Classificou a equipe para a Copa e chegou até às quartas de final. Mas sofreu duas das piores derrotas na história do futebol argentino: 6 a 1 para a Bolívia, nas Eliminatórias, e 4 a 0 para a Alemanha, nas quartas do Mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaDubai

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.